ARTETERAPIA

 

quem somos

A APAT - Associação Paranaense de Arteterapia foi fundada no dia 25 de junho de 2014, na cidade de Curitiba PR, por um grupo de Arteterapeutas que buscam propagar a Arteterapia pelo Estado do Paraná e contribuir com o crescimento da mesma pelo Brasil. É uma Associação de direito privado de caráter assistencial, cultural, educativo e filantrópico, sem fins lucrativos e de âmbito nacional. 

APAT visa desenvolver um trabalho de coparticipação no campo da Arteterapia ligado ao campo da arte, da educação e da saúde, tendo em vista à promoção do ser humano à saúde, à educação e à cultura.

A Associação tem por finalidade promover a arteterapia, reunir arteterapeutas, promover encontros e capacitações. Bem como defender os interesses dos associados e zelar pela observância dos critérios da competência dos profissionais e dos cursos de formação de acordo com a regulamentação nacional.

Está vinculada a União Brasileira de Associações de Arteterapia (UBAAT) desde 16 de abril de 2016.

 

Nossa filosofia

Promover a paz, a cooperação, a compreensão, o acolhimento e a valoração do indivíduo, comunidade e meio ambiente através da expressão artística terapêutica.

arteterapia

A arteterapia é um processo terapêutico que utiliza a arte (desenho, pintura, música, dança, teatro, fotografia, etc) com objetivo de prover aos pacientes/participantes, meios de expressão, reflexão e organização de suas emoções, motivações, e a observação crítica sobre a forma como a pessoa interage em seu mundo. A técnica é desenvolvida desde fins do século XIX, conjugando a psicologia com a prática de processos artísticos. No Brasil, a arteterapia iniciou na primeira metade do século XX com o Dr. Osório Cesar e a Drª Nise da Silveira (Museu do Inconsciente), que primeiro aplicaram a arteterapia em internos de hospitais psiquiátricos.

 

No âmbito formal, a arteterapia é um ofício regularizado pela UBAAT – União Brasileira de Associações de Arteterapia, com habilitação através de cursos de pós graduação com mínimo de 520 horas. A arteterapia está registrada no CBO – Classificação Brasileira de Ocupações, código 2263 (profissionais de terapias criativas e equoterápicas) sob título 2263-10, e recentemente foi inserida no SUS em âmbito nacional pela Portaria N° 145/2017 (desta forma podendo receber financiamento do Ministério da Saúde, por meio do Piso de Atenção Básica – PAC – de cada município, em atenção às orientações da Organização Mundial da Saúde, que incentiva os países a inserir tais práticas em seus sistemas de saúde).

 

A arteterapia é bastante eficaz para tratar questões de saúde e bem estar ligadas ao emocional, tais como problemas de auto estima, depressão, relacionamentos disfuncionais, ansiedade, nos períodos de mudança de hábitos e comportamentos, e como auxiliar em processos e procedimentos traumáticos, entre outros.

QUE TIPO DE ATIVIDADES SÃO FEITAS EM UM ATENDIMENTO ARTETERAPÊUTICO

 

A arteterapia pode ser aplicada individualmente ou em grupos. Não é necessário ter qualquer conhecimento específico em arte, porque a atividade preza conteúdo simbólico e a expressão dos sentimentos, sem o objetivo de produzir uma "obra artística" como resultado.

 

É usual que o tratamento arteterapêutico tenha, como ponto de partida e como objetivo, lidar com algum desconforto ou necessidade relatada pelo próprio paciente/participante ou pelo responsável por seu encaminhamento. 

 

Em um atendimento arteterapêutico são propostos exercícios de conteúdo, onde o participante é motivado a expressar seus sentimentos ou pontos de vista através de uma técnica artística (pintura, escultura, artesanato, teatro, dança, etc). Tanto a técnica como o exercício são escolhidos pelo/a arteterapeuta de acordo com o interesse e as limitações do/a participante e/ou do espaço disponibilizado. 

 

ARTETERAPIA

Entre em contato. 
face.png

Direitos reservados - Associação Paranaense de Arterapia - 2019/2020

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now